HomeEstilos de Decoração

Casas americanas: Projetos, interior, e arquitetura!

Casas americanas: Projetos, interior, e arquitetura!
Like Tweet Pin it Share Share Email

Quem já visitou os Estados Unidos – ou pelo menos vê filmes e séries de lá – notou que, em sua maioria, as casas americanas são bons lugares para fazer um lar e criar os filhos. Geralmente sem muros, essas casas têm um longo quintal à frente, muito verde e espaço otimizado dos cômodos, que faz com que fique mais fácil manter o ambiente limpo. Você também tem o sonho de construir uma casa no estilo americano? Vamos falar um pouco mais sobre isso nos tópicos a seguir. Vamos lá!

Características das casas americanas

As casas são construídas com materiais mais práticos de montar, como madeira, gesso e compensado, o que faz com que fiquem prontas bem mais rápido do que as nossas tradicionais de tijolo e cimento. No entanto, quem quer ter uma casa americana no Brasil conta com a ajuda do meio ambiente, uma vez que, por aqui, é bem difícil ter terremoto, tufão, nevasca ou outros eventos naturais que facilmente podem comprometer uma estrutura mais fácil.

casas americanas

Ou seja: as casas americanas são bonitas, práticas, costumam ser mais baratas e podem ser a saída para quem quer criar os filhos em um ambiente mais harmônico, sem muros e em contato com a natureza. Geralmente essas são premissas de quem tem lotes em condomínios fechados, onde a segurança é a palavra de ordem.

Outra coisa bem legal nas plantas das casas americanas é ver como a garagem não precisa ser, apenas, um lugar para guardar carros. Esse é um cômodo muito utilizado pelos americanos para servir, também, de despensa, de quartinho da bagunça. Por isso o espaço dedicado à garagem em uma planta americana é bem maior do que estamos acostumados a ver por aqui.

Um detalhe que pode deixar algumas pessoas alarmadas é que as casas americanas normalmente não são sobrados: têm apenas um andar. Isso é um ponto positivo para quem pretende viver na mesma casa por muitos anos pois, conforme envelhecemos, subir escadas pode se tornar cansativo e até muito difícil. A conclusão é que para se ter uma casa de apenas um andar, que seja toda aberta, a melhor aposta é fazê-la em áreas bastante seguras, como os condomínios fechados que já falamos.

O telhado sempre caindo em triângulos é o último detalhe que deixa a casa americana muito caracterizada na nossa memória. Lages e terraços estão fora de cogitação, pelo menos na fachada. O pé direito costuma ser mais alto do que o de apartamentos – e não se esqueça do porão, outra característica pontual das casas americanas. O modo de decorar vai depender do estilo das pessoas da casa, mas uma coisa é certa: vivendo em um projeto semelhante à casa americana, uma lareira não pode faltar. Isso significa que se você morar em algum lugar bem quente, onde os inversos não chegam nem perto de ser rigorosos, é possível que ela também faça parte da casa como um objeto de decoração. Caso contrário, você terá mais aquecimento – e charme – dentro de casa.

casas-americanas-interior

casas americanas

Como é o interior das casas americanas tradicionais?

Talvez a primeira coisa que devemos levar em consideração nas casas americanas que vemos nos filmes é o tamanho. Elas geralmente são muito grandes, costumam ter dois andares, e contar com vários quartos, sala de TV, sala para receber visitas, e como podemos ver nos filmes, as cozinhas também costumam ser muito grandes. Isso acontece porque os americanos mais tradicionais costumam ter muitos filhos, e prezam pelos encontros de família e churrascos dos finais de semana.

casas americanas

Outro item que não pode faltar nas casas americanas é a lareira! Isso graças ao frio que faz em muitas cidades (muitas delas com longos períodos com neve) e a lareira é uma maneira dos moradores da casa se aquecerem.

E então? O que achou das dicas de hoje? Conte pra gente nos comentários se esse artigo foi útil para você!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *