HomeSala

COMO DECORAR SALA DE ESTAR

COMO DECORAR SALA DE ESTAR
Like Tweet Pin it Share Share Email

Está de casa nova? Ou simplesmente enjoou da decoração da sala e resolveu repaginar? Montar um novo visual para casa é uma delícia, mas requer também atenção para não transformar esse momento num quebra-cabeça sem fim.

Assim como nas passarelas, o mundo do design e decoração apresenta muitas tendências. O mais importante é investir no estilo que realmente você mais gosta, porque a casa tem que ser o lugar onde ficamos em paz, confortáveis. Uma dica para trabalhar bem as tendências é misturar móveis de diferentes estilos, mas com alguma conexão entre si. Uma poltrona de design mais antigo pode ganhar um revestimento moderno para não destoar do restante.

Figura 1 - from pinterest

 

Os mais comedidos preferem investir nos detalhes da decoração, com medo de enjoar rápido do ambiente. Mas é possível criar ambientes com um grande objeto de destaque e moderar no resto. Aquele sofá de cor extravagante pode compor muito bem com uma parede de tonalidade mais neutra, como cinza e off white, por exemplo, e objetos mais sóbrios também.

Figura 2 - from everygirl-kate-davison-living

 

Se aquela não for sua praia, a surpresa pode vir de uma parede. Uma cor especial pode mudar totalmente a cara do ambiente. Escolha uma parede de transição e invista nela. (figura 3). Quadros também dão outra vida à casa e se você pensa em algo prático, pode ser uma ótima saída. Escolha uma parede mais livre do ambiente e aposte no mix de molduras. Dá para criar até uma pequena galeria de arte! Mas antes de bater o prego, a dica é dispor os quadros no chão e montar aos poucos esse quebra-cabeça, vendo a melhor disposição dos quadros.

Figura 4 - frederikke heiberg

 

As plantas também são fantásticas para dar um toque diferente no espaço. E luz artificial ou pouca ventilação não são impeditivos para se ter uma em casa. Há várias espécies que se dão muito indoor, como suculentas, orquídeas, cactos, samambaias.

figura 6 - plantas

 

Ambientes integrados: tudo igual?

 

Com residências cada vez menores, os ambientes integrados são a solução para quem não quer perder amplitude. Mas será que tudo precisa seguir uma mesma linha? É possível investir em estilos diferentes sem que eles briguem entre si?

 

Não existe uma regra para decorar um ambiente integrado, mas criar uma coesão entre os espaços ajuda a conseguir um design harmonioso. Salas de estar e jantar não precisam ter a mesma cara, mas um detalhe e outro em revestimento, cores, cria a conexão, como na sala abaixo, onde os pontos de conexão são as cores e a textura dos estofados. Sofá e cadeiras da sala possuem o mesmo revestimento. Já o tapete da sala de estar é da mesma cor do buffet. A madeira, comum aos dois ambientes, cria uma atmosfera de aconchego.

Figura 5 - Ambientes integrados

 

Para fugir do “elefante branco”

 

Veja se a cena é familiar: sua sala está vazia, você namora um sofá maravilhoso há tempos e eis a oportunidade de tê-lo na sua casa. Você tem as medidas da parede, da mobília, se encaixam perfeitamente e… não dá certo. O sofá ficou desproporcional à sala. Ele tomou o espaço de outras mobílias ou está figurando solitário no ambiente amplo. O que fazer para fugir desse problema?

 

Existe uma dica muito simples e barata para resolver esses impasses de tamanho: jornal. Pois é, já pensou em espalhar folhas de jornais pelo chão na medida do móvel que você deseja? É um jeito simples e excelente para ter uma ideia das posições do mobiliário, se terá um bom espaço para circulação e outros móveis. E aí, com a fita métrica na mão e as medidas anotadas, fica mais fácil de decorar o ambiente sem medo de arrumar uma dor de cabeça depois.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Comments (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *